[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_tjqy"]

Meu marido me chama de gorda

Meu marido me chama de gorda

Sabemos que as relações humanas podem ser muito desafiadoras e difíceis. Especialmente quando existe um conflito com aquela pessoa que um dia fizemos a decisão de ter ao nosso lado pelo resto dos nossos dias. O dia a dia pode gerar desgaste, e um convívio desgastado pode abrir feridas novas ou fazer a manutenção de dores antigas. Meu marido me chama de gorda, você já ouviu esta queixa alguma vez? Das colegas de trabalho? Das amigas? Ou pior… Isso tem acontecido com você?

Quando o assunto é corpo e autoestima, existem algumas coisas que você precisa compreender para não se deixar levar pelas críticas e se sentir feia e desanimada. Acompanhe as reflexões e descubra a importância de adotar uma postura mais compassiva consigo mesma.

O que é ser gorda?

Primeiramente, é importante que você se pergunte: será que eu estou verdadeiramente gorda? Vivemos em uma sociedade que dá muito valor ao corpo magro, esguio, esbelto, tonificado. Existe muito apelo midiático em torno da idealização da magreza e somos constantemente expostos à imagens de modelos de perfeição praticamente inatingíveis. Por causa de toda essa exposição, nossos olhos acabam se habituando a um referencial de “normalidade” que não corresponde à verdadeira aparência dos corpos humanos.

Considerando as atuais definições de corpo desejável… Não é nada difícil ser “gorda”, não é mesmo?

O fato do seu corpo não parecer com os das modelos e celebridades não significa que você é gorda… Apenas ressalta o fato de que elas são demasiadamente magras.

Qual é a sua história?

Nessa altura, pode ser que você diga: “ok, eu não sou tão fora do peso assim, mas mesmo assim, meu marido me chama de gorda!”. Reflita: será que engordar é realmente algo tão condenável?

Ninguém altera seu peso “do nada”. Todas as pessoas que engordam têm uma história. O ganho de peso é um processo a longo prazo que pode se dar por muitos motivos: estresse no trabalho, depressão, luto, menopausa, mudança de cidade, problemas emocionais… Nada disso é erro, crime, fracasso, nem vergonha!

O que você diria a uma amiga próxima que estivesse se sentindo mal por ter engordado? As mesmas coisas que você diz para si mesma? Será que não tem sido muito autocrítica?

Ser gorda é tão ruim assim?

Mesmo que você entenda que o ganho de peso se dá por um motivo, talvez sinta que estar gorda é a pior coisa do mundo, algo que você não queria que tivesse ocorrido.

Por que? Já se perguntou?

Geralmente se atribuem muitas características morais negativas ao corpo gordo. O problema não é ser gorda, o problema são as coisas ruins que vêm no pacote: preguiçosa, indisciplinada, negligente…

Mas será que tudo isso não é apenas estereótipo?

Faça uma lista dos seus talentos e realizações. O que você faz de melhor? O que te faz única? Uma pessoa preguiçosa seria capaz de realizar as mesmas conquistas?

Compreenda que toda a carga pesada e ofensiva em torno da palavra “gorda” não passa de mentiras que foram contadas tantas vezes que passamos a acreditar nelas. Ser gorda é apenas uma característica física. Nada mais do que isso!

Mude por você!

Antes de se comprometer com uma dieta radical ou um programa de perda de peso, entenda que a solução para o problema não está no emagrecimento. Se você não aprender a se tratar com mais amorosidade, respeito e gentileza, quilos perdidos farão pouquíssima diferença.

Meu marido me chama de gorda, o que faço?

Verbalize para o seu marido sobre o quanto você está magoada. Seja assertiva. Respeite-se e entenda que não existe nada de errado com o seu corpo.

As palavras podem nos ferir unicamente quando permitimos que isso aconteça.

Que tal conhecer o método Efeito Sophie, que ensina a transformar sua relação com a comida e a voltar a escutar os sinais do seu corpo? São seis semanas com vídeos e materiais que vão explicar sobre hábitos alimentares, e como recuperar o prazer de comer. Saiba mais!

Leia também:

Sobre o Autor:

Paola Altheia é Nutricionista, graduada pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), especialista em comportamento alimentar. Editora do blog Não Sou Exposição, acredito que atualmente as pessoas têm ideias muito desajustadas e errôneas a respeito da alimentação e controle de peso. Minha missão é desmistificar crenças e promover uma maneira de pensar sobre a saúde de uma forma mais lúcida e gentil, com foco em autoestima, saúde e o resgate da feminilidade.

  • Que texto incrível, amei ler essas palavras que de certo modo são tão carinhosas com o corpo da mulher. Deveriamos ter carinho pelo nosso corpo pois eles são NORMAIS e os padrões são inalcançáveis.
    O corpo é meu e ninguém disse que voce tinha que gostar.

  • Nossa muito lindas as palavras mas tou mim sentindo mal pois meu marido nunca mim elogiou mas mim disse que eu estou muito gorda tou mim sentindo horrível ????

  • Meu marido também me xingou de gorda,( dependendo de como é dito,a palavra gorda passe de um estado físico para um xingamento sim!). Logo ele que sempre me dizia que eu estava bem, porém em uma discussão simplesmente tentou me ofender de gorda. KKKKKKK rir e disse:
    Ao menos eu posso emagrecer pra mim satisfazer e vc pode mudar o seu pau !????. Desculpe o termo,Mas é assim que esse tipo de homem estupido tem que ser tratado.Se amem meninas,pq só a gente sabe o nosso valor.

  • Eu tive um corpão!!
    Linda, sensual e chamava muita atenção.
    Então, entrei na perimenopausa.
    Engordei 30 kg e ainda estou engordando. Me sinto mau, pois tenho fome e vontade de comer doces. Meu esposo me chama de gorda, de gordinha linda… mas me sinto ofendida e feia. Sei que não faz para ofender
    Sei que preciso de auxílio de um nutricionista

  • Estou engordando muito rápido. Pois sou muito ansiosa. Minha família me chama de gorda. NÃO sei mais o que fazer

  • Eu também te um grande problema, já fui magra, com 65 kilos, hoje estou com 113kilos, a uns dias dias atrás ele me dizia que eu tava linda mesmo gorda agora fica só falando pra mim para de comer, só que tento fazer dieta e não consigo e muito stress, ele trabalha e só chega de madrugada bêbado, e pra evitar discussão tenho que ficar calada tem dia que fico muito stressada

  • Eu também sinto um grande problema eu tinha 72 kilos hoje estou com 94kilos e meu marido já esta a mim chama de gorda e as vez ate brincando fala apelidos que mim sinto mal , pois minha familia e toda gordinha , eu só tenho 28 anos tenho 2 filhos e não sei mais como para de engordar , tem que ter cardápio alimentar já tentei não consegue não é fácil .
    04/10/2018 to triste pois ouvir isso é ruim de mais

    • Olá Laís, tudo bem?
      Hoje em dia é muito difícil se sentir bem com o próprio corpo por conta da supervalorização da magreza imposta pela mídia. Nós mulheres somos muito cobradas para ter um corpo “ideal” ou “perfeito”.
      É importante que você aceite seu corpo e lembre-se que a saúde não é sinônimo de magreza. O que devemos priorizar é a nossa saúde.
      Temos que resgatar a paz com a comida e com o nosso corpo. A Dra. Sophie idealizou o programa Efeito Sophie justamente para nos ajudar nesse caminho, clique e conheça: http://bit.ly/OEfeitoSophie 😉
      Abraços,
      Nathália – Equipe Sophie

  • Olá quando conheci meu esposo estava um pouco mais gordinha ,emagrecimento um pouco porém depois de dois anos engordei um pouco novamente menos q qndo nos conhecemos porém agora eu sou a gorda,apenas isso não sou mais bonita apenas a gorda da relação e eu quero apenas emagrecer com saúde claro tem algum cardápio para me passar ????
    Porém quero emagrecer agora por mim e não pelo que ele ou qualquer um diga apenas para mim.
    Att:Elissandra

    • Olá Elissandra, como vai?
      A Dra. Sophie não trabalha com cardápios ou dietas. O caminho para conseguir um peso saudável e ter bem estar é outro. É necessário comer melhor e não menos! Respeitando a fome e saciedade 😉
      Você conhece o Efeito Sophie? É um curso online que mostrará o que acontece no seu cérebro e em seu corpo quando você faz dieta. Ele te ensina um caminho sustentável para fazer as pazes com a comida e com o corpo de maneira tranquila. Saiba mais no link: https://www.sophiederam.com/br/efeito-sophie/
      Abraços,
      Nathália – Equipe Sophie

  • Tenho 1,76 e 74 kg engordei 10 kg nos ultimos 2 anos e escutei do meu que estou gorda, uso calça 44 e nao me via assim, jogou minha autoestima no saco

    • Olá Eli, como vai?
      Poxa querida, te entendemos. Infelizmente, nós mulheres somos muito cobradas para ter um corpo “ideal” ou “perfeito”. Mas devemos saber que é muito importante nos aceitar! Em primeiro lugar é o seu corpo, você deve amá-lo e cuidar muito bem dele! 😉
      Abraços,
      Nathália – Equipe Sophie

  • Fique comigo!
    Respeitosamente, adoro uma gordinha! Em sua maioria são lindas, possuem seus encantos, o homem é responsável por manter uma mulher com sua auto estima alta, ele sempre o faz quando a trata com carinho, com admiração, respeito, atenção…. Gordinhas não permitam serem tão cobradas, não permitam que um comentário infeliz a machuquem, pois são lindas, atraentes, dotadas de mta beleza e mta luz. Cuidem da saúde somente para manter uma vida saudável e próspera! Viva sua essência e beleza ❤️

  • olá eu estou casada a 6 quando eu casei eu era bem magrinha pesava 53 quilos hoje eu estou pesando 60 esses dias atrás meu marido falou com migo pra mim fechar a boca pois eu tava engordando muito quando ele falou isso pra mim confesso que eu mim entresteci muito com o que ele falou asim assim que ele falou isso pra mim eu fui e mim pesei tava com 63 quilos eu começei a fazê um regime mas só consegui ficar com 60 quilos dai ele olha pra mim hoje e falar que eu to muito magra dai eu não entendo mas nada se eu engordou ele reclama se eu to magra ele reclama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *