Estou sempre falando que dietas não funcionam e agora resolvo falar sobre qual é a melhor dieta para emagrecer? Deixa eu me explicar, dieta refere-se aos hábitos alimentares individuais de cada um e constitui o comportamento alimentar dos indivíduos, ou seja, sua alimentação em geral já é uma dieta, a sua.

Emagreça de forma sustentável. Conheça o programa que te ensina a fazer as pazes com a comida!

As que não funcionam são as dietas restritivas e radicais, da moda, onde se excluem alguns alimentos ou até mesmo grupos alimentares inteiros por puro modismo e comodidade, estas que possuem início e fim e que não levam em consideração os hábitos de vida da pessoa, sua situação financeira e nem seus gostos e preferências.

Mas então qual seria a melhor dieta para emagrecer?

Seria uma dieta individualizada, que respeita as quatro leis da alimentação. Mas, por acaso, você conhece as leis da alimentação? Na faculdade de nutrição aprendemos logo no primeiro semestre as seguintes leis:

  1. Lei da quantidade: a quantidade de alimento deve ser suficiente para suprir as exigências energéticas do organismo e manter o corpo em equilíbrio. Não precisamos de mais e nem de menos, somente do necessário.
  2. Lei da qualidade: nosso corpo precisa de nutrientes, e estes estão presentes nos mais variados alimentos, logo é necessário consumirmos todos os grupos alimentares, exceto em casos de necessidades patológicas.
  3. Lei da harmonia: os nutrientes presentes na alimentação devem obedecer a uma relação de proporção adequada entre si. A alimentação deve ser balanceada, e não exagerada na proporção de algum nutriente e diminuída em outro.
  4. Lei da adequação: a alimentação deve ser adequada aos vários fatores que influenciam o indivíduo: condições fisiológicas, idade, histórico de doenças, condição financeira, gênero, religião, região onde mora etc.

O segredo não é restrição/dieta, mas procurar comer melhor. Conheça o Efeito Sophie!

Então a resposta está aí, a melhor dieta para emagrecer deve ser uma que atenda suas necessidades, que contenha todos os grupos alimentares com nutrientes em proporção adequada, e que respeite a sua individualidade. É isso que nossos avós faziam comendo com horários regulares as refeições completas, sem se questionar sobre emagrecer, mas sim sair satisfeitos da refeição até a próxima!

Se você se sente perdido e não sabe mais reconhecer seus sinais de equilíbrio e satisfação, procure um nutricionista, pois é o melhor profissional que tem a capacidade de fazer um planejamento alimentar respeitando todos esses aspectos.

Por isso que somente contar calorias ou excluir grupos alimentares não funciona, a melhor dieta para emagrecer não precisa ter quantidades reduzidas de comida, mas sim alimentos melhores, bem selecionados, frescos, com preparações caseiras e redução na ingestão de alimentos industrializados. Um prato cheio de legumes e verduras juntamente com o arroz, feijão e alguma carne com certeza será melhor que um prato praticamente vazio com somente uma colher de arroz, uma de feijão e um bifinho pequeno grelhado.

Agora que você já descobriu qual a melhor dieta para emagrecer, confira outros conteúdos que selecionamos:

Que tal conhecer meu método Efeito Sophie, que ensina a transformar sua relação com a comida e a voltar a escutar os sinais do seu corpo? São seis semanas com vídeos e materiais que vão explicar sobre hábitos alimentares, e como recuperar o prazer de comer. Saiba mais!