[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_tjqy"]

12 dicas de alimentação saudável para idosos

12 dicas de alimentação saudável para idosos

Com o passar dos anos, o corpo começa a apresentar naturalmente algumas mudanças que fazem parte do ciclo vital. O processo de envelhecimento vem acompanhado de uma série de modificações na função hormonal, no metabolismo energético e na atividade diária, o que afeta a necessidade de nutrientes. Ter o cuidado em preparar uma alimentação saudável para idosos harmoniza as alterações em uma evolução positiva de envelhecimento.


A alimentação da pessoa idosa segue, de forma geral, os mesmos princípios da recomendada a todas as pessoas adultas. No entanto, é importante ampliar os cuidados quanto à quantidade e qualidade dos alimentos consumidos, devido à diminuição do metabolismo e da atividade física. Também tem muitas vezes uma diminuição da sensibilidade do paladar e um apetite diminuído. É um momento para focar na importância do prazer de comer com comida gostosa e bem temperada.

Algumas dicas essenciais irão proporcionar diversos benefícios.

Alimentação saudável para idosos

  1. Tenha horários de rotina para comer e tente segui-los (café da manhã, almoço, café da tarde e jantar) e, caso necessite de mais, faça outras refeições nos intervalos com alimentos de qualidade.
  2. Escolha um lugar agradável para se alimentar. Ambientes limpos, tranquilos e arejados conferem maior conforto, segurança e autonomia. Impactam positivamente na autoestima, no preparo das refeições e no prazer à mesa.
  3. Desfrute de companhia em suas refeições. A presença de familiares, amigos ou vizinhos na hora das refeições proporciona mais prazer e favorece o apetite. Escolha uma ou mais refeições na semana para estar na companhia de alguém, mantendo a alegria do convívio social com pessoas queridas.
  4. Prefira os alimentos na sua forma mais natural. Diminua o consumo de alimentos ultraprocessados (como biscoitos recheados, guloseimas, ‘salgadinhos’, sopa e macarrão ‘instantâneo’, ‘tempero pronto’, embutidos etc). Eles tendem a conter quantidades elevadas de açúcar, gordura e sal. Quanto mais alimentos verdadeiros (in natura), mais aumenta a qualidade do que está comendo.
  5. Coma devagar e mastigue bem os alimentos. A nossa 5ª dica sobre alimentação saudável para idosos é para degustar como se estivesse descobrindo os alimentos pela primeira vez, sinta os diferentes sabores. Escute sua fome e saciedade, seu apetite e vontades. Respeite os sinais de seu organismo. Se tiver limitações para mastigar e engolir, adapte a forma de preparo, a consistência, a textura, o tamanho dos alimentos e a quantidade ingerida. Moer, ralar, picar em pedaços menores pode ser alternativas viáveis para facilitar o consumo, evitando a recusa da refeição ou mesmo complicações como engasgo ou aspirações.
  6. Inclua frutas, legumes e verduras na sua alimentação. Além de ricos em vitaminas, minerais e fibras, o consumo desses alimentos diminui o risco de várias doenças e auxiliam a função intestinal. Aproveite para comprá-los na safra com menor custo!
  7. Carnes, aves, peixes, ovos, leite e derivados em uma refeição ao dia. Os leites e derivados ajudam no fortalecimento dos ossos. Já as carnes, aves, peixes e os ovos são ricos em proteínas e minerais. Quanto mais variada e colorida for a sua alimentação, mais equilibrada e saborosa ela será.
  8. Óleos, gorduras, açúcar e sal com moderação. Diminua o açúcar e o sal em excesso, substituindo os por temperos naturais (como frutas, cheiro verde, alho, cebola, manjericão, orégano, coentro, alecrim, entre outros). Não precisa restringir alimentos, o segredo é a moderação.
  9. Atente-se a temperatura dos alimentos. Alimentos muito quentes ou muito frios devem ser evitados devido à sensibilidade térmica. Alimentos para ser consumidos frios devem ser retirados da geladeira um pouco antes do momento do consumo. E os quentes, devem estar em temperatura suportável, sem excessos.
  10. Cozinhe e invista na sua alimentação saudável. Ajuda você a comer melhor e ingerir menos alimentos processados. E não precisa ser um chef, só com o básico já melhora a sua saúde. Aproveite para compartilhar suas habilidades culinárias com familiares e amigos. Torna a refeição prazerosa e repleta de felicidade.
  11. Beba água. É a melhor hidratação para seu corpo. Diminua bebidas açucaradas (como refrigerantes e sucos industrializados) e alcoólicas. Aromatizar a água com hortelã ou frutas, como rodelas e cascas de laranja ou limão, é uma boa pedida!
  12. Faça uma lista de compras. É vital para não se esquecer dos ingredientes essenciais para seu jantar e também para evitar comprar mais que o necessário. Se puder também, defina com antecedência o cardápio da semana para garantir a sua satisfação com a alimentação.

Bon appétit!

Agora que já leu nossas dicas de alimentação saudável para idosos, descubra como melhorar sua relação com a comida e como manter o peso depois de emagrecer.

Que tal conhecer meu método Efeito Sophie, que ensina a transformar sua relação com a comida e a voltar a escutar os sinais do seu corpo? São seis semanas com vídeos e materiais que vão explicar sobre hábitos alimentares, e como recuperar o prazer de comer. Saiba mais!

  • Gostei muito da leitura que fiz, mas o meu procedimento não fica muito fora das orientações nela contidas.
    Muito obrigado.

  • Achei bem legl! Estou lendo sobre alimentação de idosos e li sobre a alimentação no inverno em um outro blog, achei o artigo bem interessante assim como esse.

  • Meu pai tem 75 anos e sofre com a demência vascular, esta pesando 40 kilos. E a alimentação é sempre um desafio pois quando damos carne engole o sumo e o resto ele cospe isso se repete com arroz e as vezes com sopas também. Qual a sua dica?

    • Olá Silvana, tudo bem?
      Nesse caso, o melhor a fazer é buscar auxílio presencial de um profissional da saúde. Ele saberá te orientar e tirar todas suas dúvidas em relação a alimentação do seu pai. 😉
      Abraços,
      Nathália – Equipe Sophie

  • Excelentes dicas de alimentação!É preciso motivar o idoso para alimentar-se bem! obrigada
    Maria Helena Medeiros

  • amei muito obrigada,percebi que em alguns coisas estou fazendo certo,mas é sempre bom aprender mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *