[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_tjqy"]

Qual é o melhor segredo para evitar o sobrepeso?

Nada melhor do que refeições em casa. Capriche na qualidade alimentar e experimente cozinhar refeições simples. A cozinha é um ambiente maravilhoso para se aproximar dos outros.


Vamos voltar a cozinhar! Uma nova pesquisa estudou cerca de 100.000 crianças e sugere novamente uma associação entre as refeições em família e um menor risco de excesso de peso em crianças. Assim, uma família que come e cozinha juntos poderia beneficiar de uma saúde melhor.

Isso me lembrou de um paciente de 15 anos que chegou no meu consultório. Ele tinha obesidade, tinha crescido muito em poucos anos (1,85m) e tinha ganhado muito peso (pesava mais de 100kg). Quando conversei com ele, ele me contou que já tinha feito uma dieta com nutricionista e que não tinha funcionado. Perguntei por quê. Ele ficou um pouco triste me falando ”eu não consegui fazer certinho por mais de 1 mês e depois eu comi muito, tudo que vinha pela minha frente!”. Eu olhei para ele e respondi “não é sua culpa! Dieta muito restritiva faz isso mesmo, especialmente em adolescentes em crescimento. Vamos trabalhar juntos para melhorar o que você come, sem fazer dieta, sem proibir alimentos”.

O sorriso que ele me mostrou valeu tudo! Eu soube que ele iria topar fazer progressos comigo. Nós conversamos dos horários dele, dos costumes de comer com os amigos, etc… Combinamos estratégias para aumentar a qualidade alimentar no dia a dia e, no final, conversei com os pais dizendo: “a única coisa que eu vou pedir para vocês e fazer um jantar a noite e parar de comer lanches rápidos fora de casa à tarde/noite”. Eu esclareci “quero que o seu filho coma COMIDA a noite!” “Isso, vai ser bom para a família inteira!”

Cada vez que ele voltava, eu podia ver que ainda não tinha jantares no diário e depois de realmente insistir com a mãe, ela confessou que não conseguia se organizar e que, com a maior vontade do mundo, ela chegava sempre cansada do trabalho, sem nada na geladeira ou na cozinha. Com todo mundo gritando de fome, ele sempre acabava comprando qualquer lanche rápido. A mãe me pediu ajuda e começamos um trabalho para reorganizar a casa, com lista de compras, planejamento da semana e dicas simples para cozinhar.

Isso fez uma mudança enorme na vida do jovem e dos irmãos dele. A casa estava mais em paz a noite. Todo mundo ganhou ao se aproximar ao redor da mesa, e ganharam em saúde! O meu paciente saiu da obesidade e não voltou até agora nem ao sobrepeso! Ele aprendeu para o restante da vida a comer de tudo sem proibição e restrição, e respeitando a fome dele. Amei! Não e a toa que todos os estudos associam comer em família com menos sobrepeso e obesidade, maior consumo de frutas e legumes, maior desempenho na escola e até menor uso de drogas na adolescência! Comer juntos na mesa promove comportamentos alimentares positivos e um bem-estar à família toda ! Claro que na correria de hoje é quase impossível de fazer todas as refeições em casa, mas conseguir pelo menos o jantar ou o café da manha já muda tudo!

A pesquisa ainda dá algumas dicas para promover comportamentos alimentares positivos e assim evitar excesso de peso:

• Servir uma comida caseira,

• Deixar as crianças escolherem alimentos e quantidade desejada nos prato delas,

• Sentar-se com as crianças durante as refeições e comer com elas,

• Ajudar as crianças a reconhecer os sinais de fome e saciedade (perguntando : “Você almoçou o suficiente ” ou “você quer um pouco mais ?”)

• Não praticar restrições ou dar incentivos para consumir mais,

• Dar o exemplo de uma alimentação equilibrada,

• Caprichar no equilíbrio e a variedade dos alimentos

Fonte: Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics Oct 2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *