[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_tjqy"]

O que é slow food?

Descubra o que é slow food

Com a rotina tumultuada que temos, fica difícil parar e comer um almoço tranquilamente, apreciando os alimentos e o momento. Isso acontece com você? Talvez seja a hora de conhecer o que é slow food, “slow quer dizer devagar; food, comida”. É um movimento que combina muito com o que falamos em meu consultório e no programa. Ele faz parte de uma ONG criada pelo italiano Carlo Petrini em 1986 e conta com apoiadores em mais de 150 países.

Afinal, o que é slow food?

Slow food quer dizer comer devagar. O movimento prega o comer consciente e de maneira prazerosa, com qualidade. Não é uma tendência vegetariana, vegana ou radical como alguns infelizmente tentam impor.

O movimento slow food surgiu como um contraponto ao fast food. Tanto no que diz respeito à qualidade da comida, mas também na velocidade em que devoramos uma refeição. Ele parte do princípio de que o que comemos influencia o mundo a nossa volta, desde a biodiversidade, a paisagem, até as tradições culturais.

De acordo com o site www.slowfoodbrasil.com, “ O princípio básico é o direito ao prazer da alimentação, utilizando produtos artesanais de qualidade especial, produzidos de forma que respeite tanto o meio ambiente quanto…os produtores”. Para entender o que é slow food, precisamos aprofundar nossa relação com a comida. Em primeiro lugar, o alimento precisa ser bom, limpo e justo. Ou seja, tem que ter sabor, ser cultivado sem prejudicar a saúde e o ambiente e o produtor deve receber um valor justo pelo seu trabalho.

Nós precisamos assimilar que comer é muito mais do que uma função vital. É uma experiência que envolve todos os nossos sentidos, histórias e culturas. É nossa responsabilidade manter essas tradições culinárias vivas, trazendo diversidade para as nossas mesas e respeito aos produtores mais antigos.

Slow food também fala sobre respeitarmos o tempo das coisas. Cada fruta ou legume tem uma época certa para plantar, colher. Cada ingrediente demora um tempo para cozinhar ou assar.

Leia também:

Quais são os benefícios do slow food?

Além de privilegiar pequenos agricultores e a produção consciente, o slow food muda completamente nossa relação com a comida e com a hora de comer. Ao tomar o seu tempo para preparar alimentos frescos, você come com prazer, com calma, e de quebra, ainda pode perder alguns quilos.

Isso mesmo! Sem perceber, você escolhe melhor o que come, escuta sua fome e para de comer quando se sente saciado. Você sabe que esses são os meus conselhos preciosos para emagrecer com saúde e de maneira sustentável, por isso, o movimento pode ser um aliado bacana nessa trajetória.

Para trazer um pouco do que é slow food para o seu dia a dia, experimente fazer uma horta em casa e ver o desenvolvimento das plantas. Caso more em apartamento, dá para plantar algumas ervas, legumes e frutas em vasinhos e acompanhar o seu crescimento. Quando for ao supermercado ou à feira, preste atenção nas informações dos alimentos, como onde foram produzidos, por exemplo. Outra dica legal é cozinhar quando puder, e transformar a hora das refeições em pequenos rituais, com tempo de apreciação e conversa com quem você ama.

Reduza o ritmo da sua vida e tenha mais equilíbrio com uma alimentação consciente. Pode parecer difícil de enxergar a relação, mas esse é um passo importante para manter um peso saudável e ficar feliz com o seu corpo! Bon appétit!

Que tal conhecer meu método Efeito Sophie, que ensina a transformar sua relação com a comida e a voltar a escutar os sinais do seu corpo? São seis semanas com vídeos e materiais que vão explicar sobre hábitos alimentares, e como recuperar o prazer de comer. Saiba mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *