[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_tjqy"]

Dica 18 – Foque na qualidade, não a quantidade de calorias

A quantidade de calorias não é um indicador de qualidade.

1 caloria de proteína não tem o mesmo destino no seu organismo do que 1 caloria de carboidrato. Mesmo dentro dos carboidratos, 1 caloria de glicose tem um destino diferente do que 1 caloria de frutose.


A ciência da Nutrigenômica nos aprende que os alimentos conversam com a nossa genética, ou seja, com o nosso corpo e o nosso cérebro. Os alimentos, além de conter nutrientes como carboidratos, lipídios, proteínas, vitaminas e minerais, contêm compostos bioativos que modulam o funcionamento dos nossos genes.

Os alimentos que contêm muitos compostos bioativos são os alimentos da natureza (não quer dizer necessariamente orgânicos), especialmente frutas, legumes e verduras.

1 lata de refrigerante e 1 prato de salada com cenoura e tomate podem chegar a mesma quantidade de calorias (cerca de 150 Kcal) . Você acha que vão conversar igual com seu corpo? Claro que não!

Como melhorar a qualidade da sua alimentação? Aumentar os alimentos verdadeiros (mais frescos e menos processados), cozinhar e comer comida mais caseira e sempre com o bom senso de evitar excessos de sal, gordura e açúcar. Isso não quer dizer que precisa banir os alimentos processados! Precisamos dos produtos prontos da indústria para o nosso dia a dia atribulado. Agora, vale muito diminuir o consumo dos ultra-processados.

Veja um artigo sobre nutrigenômica 

Bon appétit!

Sophie

Projeto Verão Sophie: Todo dia de novembro uma nova dica. Clique aqui para saber mais e achar as outras dicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *