Andressa Lais Tomelin – Empresária

Andressa Lais Tomelin – Empresária

Eu estava um pouco preocupada há um tempo atrás porque eu cheguei no IMC obesidade. Eu não aparentava isso, apesar de estar beeeeem inchada, eu engordo em todas as partes do corpo, a gordura fica bem distribuída huhuhuuhuhu. Mesmo assim eu comecei a perceber que precisava fazer alguma coisa. O fato é que desde o início desse programa eu notei que o meu problema com peso nada tinha a ver com a comida e sim com o emocional. Sabia que nos momentos de mais stress da minha vida eram os momentos em que eu ganhava peso, simplesmente fazendo uma avaliação das minhas lembranças. E não tem nada a ver com os tipos de comida que eu escolho, eu vou gradativamente comendo mais quantidade de comida sem nem perceber. A saciedade vai pra muito mais longe do que quando eu estou sem stress e ansiedade (por isso que comer intuitivo sozinho não resolve). Bem, no ano passado eu cheguei no meu limite de stress e ansiedade. Por vários fatores: relacionamento difícil, muuuito trabalho, pouco descanso. Eu estava trabalhando em média 14 horas por dia, tinha dias que trabalha 16 / 18 horas. Virei diversas noites (sem dormir nem um minuto). Sentar e fazer uma refeição decente? Não sabia mais o que era isso. Estava em um relacionamento difícil, cheio de poréns e chateações... Quando eu não estava trabalhando eu estava angustiada com aquele relacionamento. Cheguei no ponto de sentir dores no peito, de dormir e acordar com ela, de tanta ansiedade. Eu cheguei a pesar 84kgs, maior peso da minha vida. Pensei em ir na nutricionista, num psiquiatra. Mas eu não fui porque eu já sabia o que eles iam dizer: com a sua rotina é impossível ter saúde. Bem, eu sofri bastante com o término do relacionamento de 6 anos, porém nas 4 primeiras semanas as dores no peito acabaram e eu perdi 6kgs, assim, só de saída. Hoje em dia eu agradeço por ter saído dele, sério. 6 meses depois estou com 74kgs, 4 a mais do que quando comecei o programa, mas ainda perdendo gradativamente. Estou fazendo o possível pra diminuir a carga de trabalho (eu sou empreendedora no ramo da alimentação), e voltar a ter tempo pra mim: pra sentar e fazer uma refeição decente, dormir bem, voltar e me exercitar regularmente. Se eu conseguir controlar minha ansiedade eu consigo manter um peso de 65kgs (talvez agora que estou com quase 30 não chegue mais nele, mas tenho certeza que consigo ter menos de 70kgs), sem precisar fazer nenhum sacrifício alimentar. Apenas comendo, dormindo bem, e me me exercitando regularmente, sem exageros. Esse é o meu objetivo até o final desse ano, não chegar a menos de 70kgs, voltar a respeitar o meu corpo e a minha mente plenamente. O fato é que a vida moderna é difícil mesmo. Tirar a culpa (que só gera ainda mais ansiedade) e fazer melhorias aos poucos é essencial. Se conhecer, questionar tudo na sua vida, na sua rotina. Seus relacionamentos, seu trabalho, seu estilo de vida. Questiona tudo mesmo mesmo. Diminua todas as cargas que você conseguir diminuir! Em resumo, não tem milagre. Esse programa é o mais completo que existe em termos de emagrecimento e bem estar, mas ele é o mais difícil porque requer mudanças muito profundas, mudanças difíceis de fazer em todas as realidades. Mudanças que vão muito em desencontro do que a vida moderna prega como sucesso, do que a vida moderna espera de você. Enfim, eu espero que todos aqui consigam fazer uma auto avaliação muito profunda, e façam mudanças possíveis, aos poucos. Que procurem ajuda profissional se não conseguirem. Beijo grande e um 2018 de mudanças pra gente!
2018-08-17T15:42:16+00:00